Você já deve ter ouvido muita gente falando que as redes sociais são um ótimo ambiente para fazer negócios. Está difícil de levar isso para prática? Fizemos uma lista com três dicas para corretores de seguros que querem começar a explorar o potencial de negócios do LinkedIn, Facebook e cia: #1 - Foque seus esforços em poucas redes“Atirar para todo lado” é ruim - você com certeza já ouviu esta frase. A máxima popular vale também para as redes sociais. O primeiro passo que um corretor de seguros deve dar quando decide utilizar as redes sociais é saber em qual plataforma vai focar os seus esforços. Para decidir, analise: onde estão seus potenciais clientes? Se vende mais seguro de vida coletivo e seguro empresarial, provavelmente seu público está no LinkedIn. Se o foco é seguro de automóvel e seguro residencial, vá para o Facebook. Ou escolha os dois. Mas evite ficar com mais de duas ou três redes, no máximo. #2 - Perfil da corretora vs. perfil pessoal Para falar em nome da sua corretora, crie um perfil corporativo. No LinkedIn, você pode optar por uma company page e, no Facebook, por uma fanpage. Ambas são perfis para empresas, com funcionalidades específicas para que você se pronuncie como pessoa jurídica. Um perfil corporativo passa segurança ao cliente e funciona como um canal oficial. Mas isso não significa que você deva abandonar seus perfis pessoais, principalmente se sua corretora for pequena: É com eles que você pode participar de grupos de discussão, trocar ideias com outros corretores, acompanhar as novidades das seguradoras e, principalmente, fazer networking para encontrar novos clientes potenciais. #3 - Poste conteúdo relevanteCompartilhe com seus seguidores textos do interesse deles e que tenham a ver com seguros. Fale sobre seguro de vida, seguro residencial, seguro de automóvel, responsabilidade civil. Varie os temas e evite focar em ofertas diretas: seja informativo, procure ser uma fonte de conhecimento para seu público. A regra de ouro para saber se um conteúdo é relevante é se perguntar, antes de postar, se isso interessaria sua esposa ou seus amigos. Pense no interesse do leitor, não no da sua corretora. Estas são dicas quentes para começar com o pé direito nas redes sociais. Anote outros conselhos importantes: Responda rápido a dúvidas e reclamações. Se preferir, peça os contatos da pessoa e fale com ela fora das redes sociais. De qualquer maneira, não apague o registro; Passe um corretor ortográfico antes de postar e evite erros de português; Coloque imagens nos seus posts para que fiquem mais atrativos. Há vários bancos de imagens grátis que podem ser encontrados nos buscadores.