Segundo o último levantamento da Susep, os seguros residenciais, empresariais e de condomínio foram os que mais cresceram no Brasil entre janeiro e setembro deste ano. Juntas, as modalidades arrecadaram prêmios da ordem de R$ 4,3 bilhões, representando um avanço de 15,3% em relação ao mesmo período do ano passado. As despesas comerciais, que englobam comissões de corretagem e campanhas comerciais, também registraram crescimento. Durante o período, atingiu o montante de R$ 1,2 bilhão, avanço de 9,3% na comparação com 2017. Outro ponto positivo do levantamento foi a queda na sinistralidade, de 36% para 33% durante janeiro e setembro, somando R$ 1,3 bilhão em sinistros