O último levantamento divulgado pelo Ibracor informa que mais 519 pedidos de recadastramento de corretores de seguros (pessoas físicas) foram indeferidos pela Susep. Agora, no total, 8.969 profissionais estão com registros suspensos até que regularizem sua situação na autarquia. Ainda de acordo com a autorreguladora, aumentou de 39.208 para 39.898 o número de pedidos aprovados até agora. Já o número de pedidos não finalizados pelos corretores voltou a baixar, de 656 para 638. Continuam em “EM EXIGÊNCIA”, “EM EXIGÊNCIA PRELIMINAR” e ou “REVISÃO SEGUNDA EXIGÊNCIA” 1.774 pedidos. Na semana passada, a Susep esclareceu, em comunicado, que os corretores com pedido de recadastramento indeferido ainda podem reverter essa situação. No entanto, até que isso ocorra, todos permanecerão com o registro profissional suspenso. Esses profissionais devem gerar uma nova solicitação de recadastramento por meio do seguinte endereço eletrônico: https://www2.susep.gov.br/safe/menumercado/CadastroCorretores/inicioPesFis.asp?modulo=RF Feito isso, é indispensável que acompanhem atentamente o andamento do pedido pelo site da Susep. Já o Ibracor recomenda aos corretores que ainda precisam dar continuidade, ou prosseguimento aos seus pedidos de recadastramento que estejam atentos a todos os passos do processo: é preciso preencher os dados nos campos indicados; clicar em salvar o cadastro e verificar o recebimento de dois e-mails da Susep. O primeiro e-mail informará o número do seu pedido e o segundo e-mail trará um link, no qual o solicitante deverá clicar para realizar a confirmação do seu pedido e poder continuar com o processo. A não finalização do pedido, no prazo de até 60 dias, acarretará o cancelamento da solicitação, conforme prevê a Circular 552/17 da Susep. Portanto, o acompanhamento do pedido de recadastramento pelo corretor é importante e imprescindível! Para mais informações, os corretores podem consultar as Circulares 552/17 e 558/17 da Susep, o Portal do Ibracor e os Sindicatos filiados à Fenacor, ou entrar em contato nos telefones disponibilizado pela Susep (21- 3233-4146 e 3233-4045) e Ibracor (21-3509-7070).