Na segunda parte do programa “Bate-Bola”, da TV CQCS, o deputado federal, Lucas Vergílio, explica a Gustavo Dória os pormenores do projeto que ele defendeu na Câmara dos Deputados contra a atuação das associações veiculares. “Esse é um mercado que surgiu e não se pode tapar o sol com a peneira. A câmara dos deputados é uma casa de consenso por isso caminhou-se para a regulamentação”, disse ele. O deputado explicou que a partir da regulamentação da lei, as associações passam a se tornar entidades de autogestão com obrigações de ter documentação e garantias financeiras. “Eles não poderão usar dessa proteção para cooptar associados e cooperados porque ficaria caracterizada venda”, explicou. Além disso, passam a se chamar entidades de autogestão com lastro e garantias, passam a estar sujeitas à fiscalização. “Enquanto a lei não for regulamentada, estão atuando irregularmente”, alertou Vergílio. Ele lembrou ainda que só quando a lei for sancionada, o corretor poderá atuar como intermediário.