Polícia prende 4 envolvidos, incluindo um dentista, em fraude contra seguradora por causa de acidente fake entre Ferrari e wagon, recebendo milhões de ienes. Donos da Ferrari e da wagon informaram um acidente fake na seguradora Por simulação de acidente entre o veículo Ferrari F430 e uma wagon, a polícia de Yamagata anunciou a prisão de 4 pessoas por fraude contra a companhia seguradora. Os envolvidos são o dono da Ferrari, um dentista de Koriyama (Fukushima), 47 anos, um cozinheiro de Sendai (Miyagi), 55, o dono de uma oficina de carros importados, 55, de Yamagata, e mais uma pessoa. O motivo da prisão é que em dezembro de 2015 os donos da Ferrari e da wagon teriam recebido o total de 3,2 milhões de ienes para reparo dos carros. Eles teriam informado à companhia seguradora um acidente fake. Na realidade, a Ferrari teria sido danificada quando estava correndo em uma pista de corrida da região Tokai. Como o seguro não cobria os reparos caso o carro sofresse acidente em pista de corrida, os dois tiveram a ideia de fornecer informação fraudulenta, como se tivessem batido em outro local. Mesmo depois de passado o tempo os investigadores encontraram provas contra os 4 envolvidos. Segundo a polícia eles confessaram parte da fraude.