Uma iniciativa inédita do Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (CCS-RJ) vai buscar viabilizar a manutenção dos seguros de automóveis e angariar novos nas regiões mais afetados pelo roubo de carros: Baixada Fluminense, Zona Norte e Zona Oeste, da região Metropolitana do Rio de Janeiro. Segundo o presidente Jayme Torres, a ideia surgiu no 1º Encontro de Corretores de Seguros da Baixada Fluminense, Zona Norte e Zona Oeste, realizado em 6 de março, que reuniu mais de 200 corretores e seguradores para buscar soluções, visando a comercialização de seguros de automóvel nas áreas de alta incidência de roubos. “O debate foi valioso e culminou na criação de uma comissão, criada em 9 de maio, composta por sete corretores que estão elaborando uma lista de sugestões a serem apresentadas às seguradoras e ao Sindicato das Seguradoras do RJ-ES”, explicou. Integram a comissão: Edir de Andrade Danin, Francisco da Silva Negreiros Filho, Leonardo Amorim Pereira, Francisco da Silva Negreiros Filho, delegado do Sincor-RJ na Baixada Fluminense, um dirigente do CCS-RJ, o presidente Jayme Torres, ou Roberto Cabral, presidente da Associação dos Corretores de Seguros da Baixada Fluminense. O documento final está em elaboração e será apresentado à ******, em 15 de maio. Todas as seguradoras que participaram do evento na Baixada – Bradesco, Porto Seguro, SulAmérica, Tokio Marine -, além do Sindicato das Seguradoras do RJ-ES irão receber o mesmo documento, contendo as sugestões da comissão. Sobre o CCS-RJ Fundado em 1980, o Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro tem como objetivo estimular encontros e debates que contribuam para o desenvolvimento do setor e da categoria. A entidade promove também a articulação estratégica e contínua com os demais participantes do sistema nacional de seguros privados. [http://ccsrj.com.br/]