Cada categoria profissional representa um grupo de trabalhadores, que exercem suas atividades em diferentes setores da economia (Exemplo: indústria, hotelaria, bares e restaurantes, comércio, etc). Cada grupo possui particularidades e necessidades específicas e são seus respectivos sindicatos que representam seus interesses perante os empregadores. As chamadas convenções coletivas são acordos firmados entre empregadores e os sindicatos de cada categoria para adequar a legislação trabalhista (ampla e genérica) à realidade de cada classe de trabalhadores. São nessas convenções que ocorrem também a negociação do seguro de vida coletivo e determinam quais são as obrigações legais das empresas para com seus funcionários. Você, corretor de seguros, deve estar sempre informado sobre as resoluções das convenções coletivas, para que possa oferecer às empresas seguros que atendam às exigências de cada categoria profissional. Basta entrar em contato com os sindicatos para obter as informações atualizadas. Já falamos antes sobre como o corretor pode aumentar suas vendas com os diversos tipos de seguro de vida coletivo - ele deve conhecer os produtos da sua carteira e se aproximar do RH das empresas - e ter conhecimento sobre os acordos firmados por cada classe trabalhadora é certamente um diferencial e pode ser considerada uma estratégia facilitadora de vendas. Apresentar uma proposta de seguro de vida coletivo que atenda à legislação vigente, levando em consideração o que foi determinado em convenções coletivas, demonstra que a sua corretora não está somente interessada em vender seguros, mas sim em oferecer uma consultoria de seguros. E é assim que os clientes são conquistados, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas!